domingo, 18 de março de 2018

Resenha: As Brumas de Avalon Parte 01 (A Senhora da Magia)



Olá galerinha, tudo bem com vocês?


Bom, falar do romance inaugural do ciclo de Avalon é uma responsabilidade muito grande. Principalmente tratando-se do volume único que pela primeira vez foi lançado aqui no Brasil.
Todos os anos eu cumpro uma promessa feita por mim mesma de me dar no dia do meu aniversário, um presente especial, algo que normalmente eu não tenho condições financeiras para fazer no decorrer do ano, não está fácil para ninguém.  E foi uma bela aquisição. Antes de iniciar essa resenha fiquei pensando em como eu faria e  decidimos começar pelo começo.


(The Mist of Avalon) As Brumas de Avalon é uma obra de 1979 da escritora Marion Zimmer Bradley feita em quarto volumes. É ambientada durante a vida do lendário Rei Arthur e seus cavaleiros e narra a lenda arturiana de uma outra perspectiva. Os protagonistas dessa história nessa versão são Morgana, Morgause, Viviane, entre tantos outros personagens resultando na reelaboração de todo o universo mítico da trama.

O livro um, Senhora da Magia, tem como personagens principais Igraine e Uther Pedragon, os pais de Athur e Morgana e toda manipulação realizada para que essa união aconteça. Igraine uma filha da Ilha sagrada, filha de um grande Taliesin fora criada em Avalon conforme os costumes da Deusa e conforme a tradição da época foi entregue ainda menina para casar-se com um homem muito mais velho, Gorlois antes mesmo de completar 14 anos. Sua irmã Viviane, a Senhora do Lago da mesma maneira que entregou sua irmã tão nova para um casamento tal como um animal para o abate, irá destruí-lo e obrigando-a a realizar coisas das quais algumas Igraine talvez nunca se recupere.
Morgana ainda criança, assistiu tudo lhe parecendo nada mais nada menos que um filme de terror. Dividida entre os afazeres de casa mesmo sendo tão nova, a conflitante relação de amor, ódio e ciúme com seu irmão Athur, o desejo de ter mais a atenção e o amor de sua mãe, a sensação de abandono e decisões que mudariam sua vida para sempre.

Morgause, irmã caçula de Igraine e Viviane que a primeira vista parece uma personagem sem importância, porém no decorrer da trama vem crescendo de maneira impressionante e mostrando o quanto a inveja pode causar a descrição dos outros e talvez quem sabe até, de nós mesmos mais tarde.
Todas essas histórias que aparentemente parecem não ter nada haver uma com a outra, no decorrer da história vamos vendo como uma vai se ligando a outro como um efeito dominó devastador. Em breve traremos a resenha do livro 02, onde muitas dessas coisas que vocês leram e talvez não tenham conseguido fazer uma conexão irá se esclarecendo.

Num tempo onde a lei que predominava era a dos homens e das religiões e política. Onde os homens só vivam voltados para guerrear e conquistar enquanto suas mulheres cuidavam da casa, dos filhos, de fiar, tecer, cozinhar, além de se manter bonita e cheirosa para quando seus maridos retornassem da guerra ou da caça, pelo menos era isso que eles pensavam...

É uma história emocionante cheia de intrigas, armações, magias, uma trama que simplesmente lhe prenderá do inicio ao fim, intercalando de modo maestral um livro no outro.


#vcnpdeixardeler