segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Resenha: Me Descobrindo Mulher



“-Puta que pariu! Assim não dá Isabela – era a terceira vez que ele interrompia uma relação sexual com aquelas palavras.”

Alguém já ouviu algo parecido ou exatamente assim?

Enquanto a vocês homens, quantas vezes passaram por uma situação dessas?

Quantas “Isabelas” você acha que existem por ai?

Me descobrindo Mulher é muito mais que um romance e chegou levantando alguns dos inúmeros tabus que sempre estiveram presentes através dos séculos em torno da mulher. Veio para que talvez consigamos enfim desmistificar algumas coisas. É uma história de superação, de escolhas mais a principal delas no meu ver foi à descoberta de quão melhor se torna a vida, quando descobrimos o amor próprio.

Isabela é uma mulher cheia de pudores e preconceitos com relação ao sexo, a vida. Criada por uma mãe conservadora ensinou a filha que a relação matrimonial não era prazerosa, nunca seria, fazendo com que o casamento de Isabela fosse um desastre total. Leonardo não suportava mais ficar sem “tocar” a sua esposa como deveria e pediu a separação. Daí então dar-se inicio a grande jornada de descoberta de Isabela através da “Operação Mulherão” com a ajuda de sua tia Luíza e a amiga Lilian. Porém não PE só a Isa que se descobre.

Se engana quem pensa que se trata apenas de um livro de cunho erótico ou só mais um romance e sim de sentimentos nobres, como o da escolha, da superação, do amor pelo outro, do amor próprio, do auto descobrimento, do descobrir o outro e do perdão. Me descobrindo Mulher nos faz despertar aquilo que temos de melhor em nossos corações.

Também nos faz questionar tabus, estigmas, machismo, conservadorismo, entre tantas outras bandeiras a tanto tempo defendida pelas mulheres. Infelizmente por incrível que pareça ainda nos dias atuais muitas mulheres, muitos casamentos são destruídos não por falta de sexo propriamente dito mais sim por falta de alto descobrimento. Muitas mulheres entram em depressão quando um relacionamento não dá certo. Isabela nos mostra que não é fácil, também não é impossível, tudo depende de como decidimos encarar nossas derrotas e obstáculos na vida.





Ficou curiosa sobre as técnicas da Isabela? Separamos algumas dicas para você de aperitivo:



Operação Mulherão

“Minha semana passou rápida, pois estava muito atarefada...”
“As tarefas que minha tia Luiza me enviava, estava executando, apesar de ter dificuldades em algumas especificas.
Na segunda: paquerar alguém ou se deixar paquerar. Cumprir na academia aproveitando as olhadas do Fernando.
Na terça: seduzir alguém. Essa foi difícil, mas no fim consegui atrair a atenção do vendedor de água de coco que estava em frente a clinica. Considerei cumprida.
Na quarta: falar três palavrões como forma de se desinibir. Essa foi difícil e constrangedora. Lembrei como me sentia excitada quando lia que os caras falavam palavrões na hora do sexo, então achei que deveria quebrar a barreira. Acabei deixando escapar: porra, merda e puta que pariu na academia, sendo que o terceiro eu já estava dentro do meu carro. Mas, contei como válido.
Na quinta: provocar Leonardo. (causando ciúmes)
Na sexta: dançar como forma de seduzir.”



Gostou? Foi útil? Agora é só colocar em prática.
Assim como a Isabela, você pode ser poderosa nós todas podemos.

Confira como foi o nosso brincando com as estrelas em Julho:
 https://vocenaopodedeixardeler.blogspot.com.br/2017/07/brincando-com-as-estrelas-batendo-um.html

Até a próxima!