segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Poesias: O Interessante


 Interessante como preciso de amor para sobreviver
E simplesmente vital suspirar por alguém


Como a solidão se tornou uma velha amiga?


Ontem eu ansiava por você
Hoje, não agradeço pela distância


Mas confesso:
Até que não estou tão mal sem você?


As vezes preferimos nos afogar
Num mar de lágrimas
Do que simplesmente viver
Um dia de cada vez


Antes parecia não respirar
Sem você
Sem seu bom dia
Sem sua linda voz...


Hoje


Meu coração, já fora da UTI
Sei que tudo o que você não quer
É me machucar, me machucando...


Preciso de amores,
Mesmo os platônicos
Eles me inspiram 


Me fazem dar o melhor
Com eles, ultrapasso as fronteiras
Da imaginação, inspiração 


Sou, o melhor de mim


Que importa o jeito de amar?
Contanto, que seja, amor.




Lindaia Campos