sexta-feira, 23 de outubro de 2015

São Bernardo: O que você seria capaz de fazer para alcançar o sucesso?



Ola galera!
Como vão? Espero que bem!


Esse livro maravilhoso me fez refletir sobre os seguintes temas: 

1.     Qual as qualidades de um empreendedor de sucesso?

2.     Qual as qualidades de um político de sucesso?

E vou mais além: até onde um ser humano é capaz de ir para alcançar o tão almejado e muitas vezes “perigoso” sucesso?


Ele tem iniciativa,ele e dinâmico, ele e perseverante e tem liderança paulo Honório e o profissional do ano e você vai querer ser que nem ele quando crescer exceto por uma coisa: o Paulo Honório ele e um homem solitário e infeliz na verdade ele e um bom de um sacana.

Tá: é estranho eu estar xingando no inicio de uma resenha de literatura você não ver professores, pessoas elegantes falarem palavrões eu também não sou muito fã e acredito que tudo me e permitido mas nem tudo me e lícito...mais sabe de uma coisa? É isso que o Paulo Honório é!
 Ele não é cara culto estudado ele é, um trabalhador da praticidade, segura tudo com as próprias mãos, ele não tem ninguém para ajudá-lo, ninguém para dar nada em suas mãos.....essa historia lhe é familiar?Alguém ai se identificou?

"A principio o capital se desviava de mim perseguiu sem descanso viajando pelo sertão, negociando o dinheiro desviado imagens, rosários, gado, miudezas ganhando aqui, perdendo ali marchando no fiado o suficiente, citando letras, realizando operações embrulhadíssimas sofri sede e fome, dormir na areia dos rios secos, briguei com gente que fala aos berros e efetuei transações comerciais de armas engatilhadas."

O Paulo Honório é o protagonista dessa obra maravilhosa São Bernardo de Graciliano Ramos é o segundo livro mais conhecido dele perdendo somente para Vidas secas.

Eu poderia chegar aqui e dizer que o Paulo Honório, um fazendeiro de sucesso do interior de Alagoas, é um profissional modelo de sucesso...mais não é bem assim, essa história é belo exemplo de que muitas pessoas se não tomarem cuidado acabam passando um pouco dos limites por acharem que o sucesso profissional é tudo o que precisamos na vida...

E Paulo Honório pensa assim e para se tornar um fazendeiro de sucesso, dono da fazenda que por acaso e o titulo do livro São Bernardo,  para isso ele faz qualquer coisa.

"Eu não sou preguiçoso. Fui feliz nas primeiras tentativas e obriguei a fortuna a ser-me favorável na seguinte."

Tão líder, tao eficiente, tao dinâmico ele é tudo isso mas também... é corrupto, egoísta e até mesmo criminoso de diversas maneiras diferentes agora o mais interessante desse livro é que o próprio Honório conta a sua historia e em uma linguagem simples e de fácil entendimento, rustico os livros desse autor são sempre nesse estilo. 
A escrita dele é exatamente igual a linguagem do Alagoas no inicio do Séc. XX, a intenção do autor era promover uma leitura simples e isso foi muito bom creio eu para época. Já para nós, leitores atuais, temos uma certa dificuldade com as gírias e expressões de antigamente mais não se preocupe, superamos essa parte, e se acostumando, eu aposto que você ira se encantar principalmente com a personalidade forte do Honório, dinâmica, dominadora, manipuladora e a maneira como ele vai nos levando ate o interior da sua historia dos seus desejos que não é apenas possuir a terra da fazenda São Bernardo, com o tempo ele vai querer possuir as pessoas....

Fizeram até um filme em 1971 porém eu indico que leiam o livro primeiro para sentir a essência a força do Graciliano, nesse livro ele fala sobre cenas de violência, corrupção as hipocrisias e também as consequências de querer ser a todo custo um homem de sucesso, não importa a quem machucar.

"A verdade é que eu nunca soube quais foram os meus atos bons e quais foram os atos maus. Fiz coisas boas que me trouxeram prejuízos, fiz coisas ruins que me deram lucro.Sempre tive a intenção de possuir as terras de São Bernardo. Considerei legitimas as minhas ações que me levaram a obte-las."

De uma coisa eu sei, e digo:

  Nunca mais vocês. Vão. Olhar do mesmo jeito um empreendedor. De sucesso



Paulo Honório é um fazendeiro de sucesso…um tipo exemplo perfeito de um ser humano bem sucedido na vida, mais nem tudo é o que parece...o personagem ele é antético, amoral, sem emoção, sem humanização, corrupto e sem empatia tão cego pelo sucesso que passa por cima de tudo e todos sem respeitar nada nem ninguém!
Ele é um dominador, e não só um dominador na profissão dele mais também na vida.

Ai fiquei aqui com as minhas reflexões e perguntas que não querem calar começaram a surgir na minha mente:

Quantas vezes nós seres humanos fazemos isso na nossa profissão, na nossa vida? Perdemos amigos, família, perdemos muitas vezes a nossa paz, pelo simples fato de colocarmos o nosso profissional, algo ou alguma coisa na frente de tudo?
E o também não menos importantes deixarmos de citar que, agindo dessa maneira dominadora, implacável e as vezes até cruel acabamos por perdermos boas oportunidades na vida…como a criação e cultivação de uma boa rede de network por exemplo, famílias são desfeitas, laços de amizades destruídos....

Eu participo de vários grupos de what Zap, com pessoas muito legais, interessantes, uma galera massa!
Entre eles encontram-se cidadãos comuns assim como eu como vocês, sendo que alguns são de diversas categorias profissionais: Políticos, advogados, professores, blogueiros, assessores, sindicalistas, partidaristas, radialistas, jornalistas e líderes comunitários.
E essa obra me fez pensar nesse pequenino mundo do qual faço parte ali:
São tantos” Paulo Honório”, que eu já vi e que ainda se encontram por lá…eu mesma, procuro a todo momento me policiar para não me deixar contaminar pelos pontos NEGATIVOS de “Paulo Honório”, no qual todos aqueles que desejam obter uma história de sucesso nos negócios, assim como, o personagem teve no interior de Alagoas, mais….

VALE TUDO PELO SUCESSO?

Sobre o autor
Graciliano Ramos produziu a mais importante parcela de sua ficção nos anos 1930. Não era um período fácil. A Europa vivia um clima de guerra com a expansão nazista. No Brasil, a ascensão de Vargas ao poder, e sua indisposição de abandoná-lo, conduziria o país à ditadura. Em sua obra, Graciliano conseguiu traduzir o clima de tensão social e seus desdobramentos psicológicos.
Importância do livroEm Vidas Secas, Graciliano focalizou na opressão a perspectiva do oprimido. Em São Bernardo, apresentou-a do ponto de vista do opressor, mas não se restringiu a isso. Fugindo de qualquer estereótipo simplificador, dotou seu narrador, o inescrupuloso fazendeiro Paulo Honório, de medos, tensões, contradições, enfim, de vida. 
Período históricoO romance se passa em plena Era Vargas. O narrador, Paulo Honório, usufrui de algumas benesses do poder, sustentando-o com seu dinheiro e seus favores. Desse modo, o poder é visto por dentro.


Enfim, quem ainda não leu, recomendo que se delicie com essa obra e que ela possa nos servir de exemplo e de reflexão para as nossas vidas.

Um abraço galera e até a próxima!


Lindaiá campos.